Arquivo | Textos RSS feed for this section

Feriadão…

4 nov

Minha gente linda e maravilhosa… vim me desculpar pelo meu sumiço nesse feriadão. Eu infelizmente me esqueci de informar pra vocês que eu estaria fora por um tempo, aliás todo mundo gosta de viajar e tirar uns days off pra relaxar quando pode né. Dessa vez eu fui pro interior com meu boy e os amigos, então não teve como atualizar os posts pra vocês… Mais uma vez me desculpem.

Mas essa semana vai ter novidade por aqui e espero que vocês gostem, vou tentar compensar..rsrs.. Aguardem mais notícias. Beijinho ^.~

 

Cadê a “humanidade”?

3 out

Imagem

Que merda de sociedade é essa em que vivemos? “Se verde é assim, imagina quando estiver maduro”?? E isso ainda é de adolescente. Que bosta é essa? Sinceramente eu perdi totalmente o fio de esperança que tinha nisso que chamam de humanidade. Passo nas ruas e percebo o tamanho da falta de respeito que os homens tem pela mulher. O que eu deveria pensar em ouvir que um cara que tm idade pra ser meu pai mexe com meninas mais novas que eu na rua? Ouvir que uma menina levou um tapa na bunda de um desconhecido na rua? Que é normal, comum? Será que dá pra alguém cair na real!  Que tipo de sociedade é essa que acha isso normal,? Que tipo de sociedade acha que homem faz isso mesmo e não se importa? Esse tipo de homem (se assim dá pra chamar) não tem o mínio de respeito pelo “pedaço de carne” que anda de saia na rua. E essa indivíduo tem, mão deve ter irmão, cunhada, esposa… E essa garota da rua também é a filha, irmã, cunhada, sobrinha de alguém e merece o mesmo respeito que qualquer outra.

Eu realmente acho que o fim do mundo deve tá muito perto. Se for em 2012 mesmo faz todo o sentido porque demônio na rua acho que não falta né. E pra completar, que  tipo de exemplo agente vê na televisão? Agora em toda novela tem uma funkeira que sai com todo mundo e acha que tá arrasando esfregando a bunda na cara de alguém e que quer transparecer que isso é motivo de orgulho, muito pelo contrário. Uma mídia que influencia essa bosta de sociedade em que vivemos e a massa que não diferencia o digno do indigno aceita tudo isso de mente aberta…

Enfim… quem pode (ou não) tenta fazer o que dá pra não sofrer essa lavagem cerebral. Cansei disso… cansei disso que chamam de “humanidade”.

Começa aqui….

28 set

Amanheceu mais uma vez….

Assim que olhei para o céu e pude ver como o sol brilhava tive vontade de gritar, gritar e revelar ao mundo como me senti. Tão frágil, como porcelana fria em direção ao chão prestes a quebrar. Foi aí que te vi, tão despreocupado e sorridente, do modo que as pessoas ficam quando acham aquela lembrancinha que ganhou de uma amiga bem distante, como uma pessoa sorri quando chega em casa e é recebido com latidos e rebolados de felicidade, como sorri quando falei com você pela primeira vez….

Quis que você me olhasse nas diversas vezes `que passei na sua frente, que soubesse o que todo mundo já sabia. Faz tempo que não escrevo e nem sei direito como escrever.

Gostaria de estar em uma ilha deserta que pudesse gritar ao quatro ventos, me expressar da maneira que preciso pra quem sabe escrever o que tanto gosto pra quem tanto quero.

Quem disse que no final do arco-íris tem um pote de ouro? Eu descobri o que no final do arco-íris tem potes de sonhos, do qual você me faz enchê-lo a cada dia, hora, minuto e segundo. Você é o meu sonho que tornou realidade. A realidade que virou meu mundo.

Você é você.